Guia para os saldos

Já lá vai o tempo em que pegava em 100€ e trazia um grande sacado de roupa da Zara. Também já lá vai o tempo em que ficava excitada para a época de saldos. Aliás… já lá vai o tempo em que havia saldos!

Não sei como vocês se sentem em relação aos saldos. Eu, apesar de ser apaixonada da vida por moda, não partilho do mesmo amor pelos saldos. Primeiro porque já lá vai o tempo em que havia verdadeiros saldos. Nessa altura o que fazia era: durante a época comprava só o que era estritamente necessário, e guardava as compras para os saldos. Fazia compras basicamente 2x/ano. Mas o que vejo nos dias e hoje, nas lojas de fast fashion, é que não há saldos. Também não há coleções. Enfim, já não há nada. Há esta urgência de nos querer fazer comprar. Com vocês não sei, comigo não funciona. A sensação que me dá é que toda a roupa cool desaparece magicamente na altura dos saldos… e volta a aparecer na “nova coleção”. Não há coisas giras para comprar nos saldos. Tirando um casaco ou outro, não vos consigo precisar a última vez que fiz compras em época de saldos.

Ainda assim, e para todos aqueles que queiram algumas dicas sobre ir aos saldos, aqui ficam algumas:

1 – Básicos – não esperem pelos saldos para comprar básicos. Normalmente não entram em saldos a menos que sejam linhas que serão descontinuadas. Os básicos são artigos que podem sempre comprar ao longo do ano.

2 – Peças trendy – acho que é a altura ideal para se aventurarem a ter aquela peça diferente no vosso armário. Ainda assim acho que devem comprar com consciência de que vão utilizar, e não naquele impulso em que meses mais tarde a peça continua parada com etiqueta no armário. Não façam isso. É desperdício de dinheiro, de recursos… é desperdício.

3 – Marcas emergentes – se há marcas emergentes, marcas diferentes, pela qual têm uma queda mas os preços não entram no vosso orçamento mensal, esta altura é ideal para espreitarem. Pode ser que tenham uma surpresa.

4 – Deitar dinheiro fora – aproveitem os saldos porque precisam, porque se querem mimar com aquela peça especial que andam a namorar a imenso tempo, mas não se iludam: muitas vezes os saldos não valem assim tanto a pena. Por vezes aquela peça não desceu assim tanto o preço, ou não vos faz assim tanta falta. Por vezes deixar passar uma época sem ir aos saldos pode revelar-se a melhor coisa que poderiam fazer. Além disso o dinheiro que não gastarem poderá ser empregue em algo que vos traga uma recompensa bem maior.

5 – Wishlists – faço isto apenas com a Zara porque é aquela loja que adoro e porque lança milhares de peças por época, e difícil de acompanhar. Tenho a app da Zara e conforme vou vendo algo que goste, guardo nos favoritos. Quando chega a época de saldos o que acaba desaparece e o que há, aparece com o preço de saldos. O que é que acontece? O que não há, paciência, o que quero mesmo e está a bom preço, aproveito para comprar e por vezes ainda acontece olhar para algo e pensar: afinal não gosto/preciso assim tanto e eu mesmo retiro da página de favoritos.

Resumindo e baralhando: aproveitem os saldos de forma consciente, não se deixem iludir pela palavra ‘saldos’ e acima de tudo: divirtam-se, porque a moda permite-nos isso mesmo – divertirmos-nos e criarmos um sem número de opções.

Bons saldos!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: